22 junho 2015

Resenha – Doce Vampira


Autor(a): Ju Lund
Páginas: 197
Editora: Avec Editora


Sinopse: UM ROMANCE QUEER CHICK. Os vampiros se revelaram ao mundo, mas ainda sofrem muitas desconfianças dos humanos. Apaixonadas Duda e Esther precisam lidar com todos os tipos de discriminação por serem de raças diferentes e ambas do mesmo sexo. Será que o amor delas sobreviverá a segredos e ao fanatismo? Descubra nesse romance com toques de drama e mistério. Entre de cabeça no universo fantástico criado pela escritora Ju Lund.







O livro nos conta a história de Esther e Duda, uma vampira e uma humana, que inicialmente são amigas, mas a amizade foi tão forte entre as duas que isso tornou surgir um sentimento maior entre elas, um amor que outras pessoas não queriam entender e muito menos aceitar. O começo do livro vai nos trazer uma espécie de fuga, onde a gente fica sem entender muito bem o que exatamente está acontecendo, mas... Duda volta a algum tempo atrás e nos conta exatamente tudo que precisamos saber.

Tudo começou quando os pais de Eduarda decidiram muda-la de escola, ela não queria, mas eles fizeram exatamente isso, pois diziam que seria melhor para o futuro dela e tudo mais. Duda acabou ficando bem sozinha inicialmente, afinal todas as garotas já se conheciam e ela era a única novata da turma, até que mais uma garota entrou para a turma, uma garota totalmente diferente de todas as outras que estudavam ali e em um certo momento as duas se tornaram “unha e carne”, como muitos dizem.

Certo momento entre muitas risadas, conversas, etc... Duda percebeu estar sentido algo mais forte por Esther, algo realmente diferente e foi na biblioteca, lugar que elas mais ficavam que decidiram segredar uma para a outra que ambas estavam se gostando, realmente se gostando. Quando tudo foi descoberto Esther foi expulsa da escola e Duda passou ser vigiada 24 horas, para que não tivesse nenhum tipo de contato com a vampira.
Os humanos não aceitavam a ideia de unir uma vampira e uma humana, muito menos sendo ambas do mesmo sexo. Com toda essa proibição, assim que Duda completou 18 anos, decidiu fugir com sua Doce Vampira, mas infelizmente não foi exatamente como ela esperava, a família de Esther recebeu Duda muito bem, digamos assim, mas mesmo assim havia algo de estranho, havia muitos segredos que não estavam lhe agradando e tudo isso serviu para que Duda se afastasse um pouco de Esther. Com o sumiço de Eduarda, seus pais colocaram na polícia como se ela estivesse desaparecida e citaram que a maior suspeita seria Esther, Eduarda obviamente ficou irritada com isso e foi tentar resolver o problema, mas acabou encontrando seus pais que disseram que tentaram e tentaram entrar em contato com ela, mas que não conseguiram e isso fez com que Eduarda criasse uma suspeita/desconfiança ainda maior em relação ao que estava acontecendo entre ela e Esther.

Certo dia, Esther deixou claro que as duas não poderiam ficar juntas sem que Duda se transformasse em uma Vampira, Eduarda pediu para pensar sobre isso e talvez esse tenha sido o maior erro dela. Esther e Duda acabam se separando, mas Duda corre muito perigo por uma seita, conhecida por Semeadores, onde eles dizem serem uma religião onde Vampiros na verdade são demônios e precisam ser eliminados da Terra, onde ninguém deve aceita-los. E os semeadores é uma seita muito grande, atingindo pessoas de todos os tipos de classe social. E agora Duda correndo perigo precisa da ajuda de Esther.
 
O livro é muito bom, com uma tema bem conhecido, seres sobrenaturais, mas que juntou fatores da sociedade que são bem debatidos ultimamente, mostrando mais uma vez o preconceito das pessoas com outras pessoas, seres, considerados “diferentes”. Uma leitura rápida, prática e de fácil compreensão. Doce Vampira é um livro que não possui exatamente um final, pois ele acaba de uma maneira que deixa claro que algumas coisas ainda não foram resolvidas e ainda bem, vamos ter uma continuação que já está sendo providenciada.

Então se você gosta de leituras neste estilo, eu recomendo que você leia Doce Vampira. 




Imagens: Making off

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...