31 janeiro 2014

RESENHA – IMPERDOÁVEIS

Autor(a): Fernanda Egger
Páginas: 372
Editora: Dracaena

Sinopse:
Daniel, um anjo da ordem dos Principados, apesar de estar atribuído à Terra despreza as fraquezas humanas. Quando designado a uma missão por um anjo abaixo dele na hierarquia celestial, negligencia sua tarefa. Acusado de Soberba – um dos Sete Pecados Capitais - é rebaixado à categoria de Anjo da Guarda de uma criança mortal destinada a ser profetiza do Senhor.
Clarissa, a quem Daniel foi incumbido a proteger, é uma menina tímida, marcada por perdas precoces em sua breve existência, e tem muita dificuldade em fazer amigos.
Oito anos depois, e ainda deprimido com sua missão, Daniel torna-se indolente e apático, até ser visitado por Belphegor, o príncipe das trevas que representa o pecado da Preguiça. Visto que cometeu outro erro, procura os Céus e confirma que os Pecados Capitais são considerados imperdoáveis aos anjos e que como castigo pode ser banido para o Inferno.
Motivado por uma Virtude, Daniel assume a forma de um menino e entra em contato direto com sua protegida, a fim de aprender o significado de ser humano e a real importância de sua missão.
Mas será Daniel capaz de permanecer longe das tentações mortais e de não pecar mais contra as leis divinas?
Imperdoáveis é uma história de amor e amizade, onde as certezas são questionáveis, que se propõe a mostrar como as experiências podem ensinar algo novo mesmo para aqueles que são sábios e imortais.

"Eu não compreendo os humanos. - baixou a cabeça, sentindo-se confuso. - Não compreendo Clarissa. Não compreendo a mim mesmo. Descumpri ordens expressas. Não pude dizer não a ela." - Imperdoáveis

O livro começa contando a história de Daniel um anjo da ordem dos Principados que tem uma missão, falhando em sua missão, não cumprindo a ordem que ele recebeu por se achar um anjo melhor que outros, por ser orgulhoso demais, acaba acontecendo um acidente que era para ele ter evitado que acontecesse fazendo com que assim o pai de uma menina de dois meses acabasse falecendo. Assim ele acabou cometendo seu primeiro pecado, com isso o anjo foi “rebaixado” para se tornar um anjo da guarda.



Depois de oito anos ele já havia começado a cumprir sua missão de ser um anjo da guarda, mesmo sendo contra a sua vontade, digamos assim... Ele acaba cuidando da menina de uma maneira afasta, até que o avô da menina morre e acaba precisando dele, digamos assim...

Clarissa é uma menina doce, tímida, esperta e que fez com que eu ficasse “apaixonada” por essa personagem, ela parece ser uma menina tão meiga e eu super me identifiquei com a garota, porque ela era o tipo de criança que ia às festas e ficava grudada na mãe, que não tinha amigos e tal, isso fez com que eu me identificasse muito com a menina... Apesar de que eu não sou filha única, eu também sempre fui uma garota quieta e tudo mais. Mas voltando ao livro... Depois que o avô de Clarissa morreu ela começou a acreditar que tinha algo de errado com ela, porque havia tido a morte do seu pai e agora a morte de seu avô, que era uma pessoa que ela gostava muito. Ela passou a morar só com sua avó e com sua mãe. Sua mãe era uma mulher muito ocupada, depois que ocorreu a morte do marido, ela só queria trabalhar e quase não tinha tempo para Clarissa.

"[...]Já disse a você que Deus não é vingativo. Não acredito que Ele criou o mundo em que vivemos e todas as coisas para destruir por ira, para castigar ou punir. Isso é apenas um conto para impedir que o homem não cometa atrocidades, aleatoriamente. É uma forma de frear a maldade, entende? O que vai acabar destruindo o homem é o próprio homem, e não Deus." - Imperdoáveis 

Como Daniel não estava cumprindo sua missão de anjo da guarda como deveria, ele acabou caindo em mais um pecado, cansado de fazer isso e com medo, ele resolveu procurar o anjo que passou a missão para ele, em busca de ajuda, digamos assim... Com isso Daniel começa a ficar mais com a menina, só que ele para conseguir se aproximar da menina veio em forma de uma criança com a mesma idade que Clarissa, dando a oportunidade dela chama-lo pelo nome que preferia e ela passou a chama-lo de Ângelo. 



Ele passou a conviver mais com a menina, se apegou muito a ela, acaba acontecendo coisas incríveis com o desenrolar da história, aparecem mais personagens, fatos importantes. A história toda é simplesmente fascinante.

O livro é de fácil leitura, é envolvente. Para quem gosta de histórias onde fala de anjos, amizade, amor, paciência, coisas que acontecem no nosso dia a dia, vai simplesmente amar a história. Eu li bem rapidinho, porque como eu disse eu gostei, você pega o livro e fica da primeira pagina até a ultima com vontade de mais e mais... (haha). Eu super recomendo a sua leitura.

2 comentários:

  1. Parece ser um otimo livro!!!
    Seguindo!!! Ah caso queira visitar meu cantinho, vou ficar muuito feliz.

    http://loucamenteloucaporbatom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Obrigada Ana Cristina. Você destacou trechos importantes que ainda não tinham destacado em outras resenhas. Adorei a sua! Qualquer dúvida que tiver me procure. Super beijo!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...